Quinta-Feira, 13 de Dezembro de 2018
Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider
 
Notícia
Jornalista angolano lança audiolivro no Algarve
Fevereiro 15, 2016
Livro conta com prefácio de Anacoreta Correia

“Vivências – o que espera da vida” é o segundo audiolivro do galardoado jornalista angolano Armindo Laureano. Será apresentado na Sala de Seminários da Universidade do Algarve (Campus de Gambelas) no próximo dia 17, pelas 18h00.

Nesta segunda obra, Armindo Laureano divulga 33 entrevistas realizadas no programa radiofónico “Vivências”, produzido pela Rádio Mais-Luanda. O livro, acompanhado com um DVD-áudio, conta com o prefácio do engenheiro Miguel Anacoreta Correia, inclui um texto do jornalista/escritor Luís Fernando e terá uma tiragem de 150 mil exemplares em Portugal. A divulgação no Algarve tem o apoio do Consulado Geral de Angola em Faro.

Entre os entrevistados registam-se várias figuras nacionais e estrangeiras ligadas à política, negócios, academia, religião, comunicação social e artes. Jorge Carlos Fonseca, Presidente da República de Cabo Verde, Albina Assis, ex-ministra da Indústria e Conselheira especial do Presidente da República de Angola para Assuntos Regionais, premiada com o galardão Femina 2015, Abel Chivukuvuku, político angolano que ocupou durante mais de 30 anos posições de destaque na UNITA e Vicente Pinto de Andrade, professor universitário angolano, economista e jurista são só algumas das personalidades que passaram pelos microfones de “Vivências”, e que surgem agora em livro.

Com esta obra, o autor dá continuidade ao trabalho apresentado há dois anos com o primeiro audiolivro: “Um Ano de Vivências”, que incluia 32 entrevistas e que mereceu a distinção do Prémio Maboque de Jornalismo/2014, na categoria Entrevista. O jornalista e escritor assume que este trabalho é para continuar porque considera importante dar voz a emblemáticas figuras angolanas, mas não só. No fundo, diz, uma obra que se justifica porque há histórias/vivências que merecem mesmo ser contadas, ouvidas e agora também lidas.

Assine a nossa newsletter
Horário: 09h00 - 13h00 > 14h30 - 16h30
Praceta projectada, Rua de Moçambique (paralela à Av. Calouste Gulbenkian), Lote Q
1º Esquerdo, Faro · Algarve · Tel. +351 289 897 100 / 289 895 622, Fax. +351 289 897 108/9
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
© 2011 Consulado de Angola no Algarve
Programação Step Ahead | Design TripleSky