Terça-Feira, 21 de Agosto de 2018
Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider
 
Notícia
Banco Nacional de Angola vende euros à banca para garantir importações
Fevereiro 23, 2016
As vendas de divisas pelo Banco Nacional de Angola (BNA) à banca comercial angolana aumentaram na última semana para 136,2 milhões de euros e exclusivamente na moeda europeia, garantindo necessidades de importações, informou aquela instituição. A informação consta do relatório semanal do banco central sobre a evolução dos mercados monetário e cambial, ao qual a agência Lusa teve acesso, sobre as vendas de divisas entre 15 e 19 de fevereiro.

No período anterior, o BNA tinha vendido o equivalente a 57 milhões de euros, essencialmente em dólares, mas também com a estreia da moeda europeia nestas transações, com 5,5 milhões de euros, adianta o jornal "Observador".

No período em análise, a instituição destinou aos bancos comerciais 130,6 milhões de euros em leilão de preço “para cobertura de necessidades gerais de importação de bens e serviços”, lê-se na mesma informação do BNA.

Angola enfrenta há mais de um ano uma conjuntura de crise financeira, monetária e cambial decorrente da quebra da cotação internacional do barril de crude, tendo visto as receitas fiscais com a exportação de petróleo caírem para metade em 2015 e com isso a entrada de divisas (dólares) no país.

Paralelamente, devido à escassez de divisas e limitações aos levantamentos de dólares impostos nos bancos, o mercado informal, de rua, transaciona a nota de um dólar norte-americano a cerca de 350 kwanzas.

Segundo o BNA, a taxa de câmbio média de referência de venda do mercado cambial primário, apurada ao final da última semana, ficou-se 159,735 kwanzas por cada dólar, um ligeiro aumento face à anterior. Há pouco mais de um ano, antes do agravamento da crise da cotação do petróleo no mercado internacional, a injeção de divisas no mercado angolano ultrapassava normalmente os 2.000 milhões de dólares por mês.

O governador do BNA, José Pedro de Morais Júnior, disse a 27 de janeiro que a instituição está a promover a “racionalização” de divisas aos bancos comerciais, mas assegurou que os recursos disponíveis “são suficientes”.
Assine a nossa newsletter
EVENTOS
2018-08-09 14:07:42
Horário: 09h00 - 13h00 > 14h30 - 16h30
Praceta projectada, Rua de Moçambique (paralela à Av. Calouste Gulbenkian), Lote Q
1º Esquerdo, Faro · Algarve · Tel. +351 289 897 100 / 289 895 622, Fax. +351 289 897 108/9
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
© 2011 Consulado de Angola no Algarve
Programação Step Ahead | Design TripleSky