Sábado, 24 de Fevereiro de 2018
Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider
 
Notícia
Governador do Banco Nacional de Angola vê a banca como motor do crescimento
Maio 09, 2016
O governador do Banco Nacional de Angola reiterou, em Luanda, que o sistema financeiro angolano deve ser o motor do aumento da produção nacional em tempo de crise económica.

O governador do Banco Nacional de Angola reiterou na passada sexta-feira, em Luanda, que o sistema financeiro angolano deve ser o motor do aumento da produção nacional em tempo de crise económica devido à queda internacional do preço do petróleo.

Valter Filipe discursava na cerimónia de inauguração do Museu da Moeda, um espaço moderno inserido na baía de Luanda, criado com o objetivo de transmitir ao público o percurso histórico da moeda nacional.

Segundo o governador do banco central angolano, citado pela agência Lusa, Angola pretende adequar o sistema financeiro às normas prudenciais e às novas práticas internacionais para repor a sua credibilidade e torná-la um instrumento estratégico para a prosperidade das famílias e das empresas nacionais.

Para Valter Filipe, o museu inaugurado pelo Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, é uma estrutura ao “serviço das famílias mais frágeis de Angola”. Os visitantes, numa expectativa de 500 por dia, vão obter conhecimentos da história do dinheiro angolano, desde o zimbo, pequena concha ou búzio, até ao kwanza, nome do maior rio de Angola.

O empreendimento, edificado numa área bruta de 4.900 metros quadrados e cujo custo não foi revelado, começou a ser construído em 2013, e possui duas salas de exposições, uma cafetaria, um anfiteatro, uma loja de brindes, instalações sanitárias e um bengaleiro.
Assine a nossa newsletter
Horário: 09h00 - 13h00 > 14h30 - 16h30
Praceta projectada, Rua de Moçambique (paralela à Av. Calouste Gulbenkian), Lote Q
1º Esquerdo, Faro · Algarve · Tel. +351 289 897 100 / 289 895 622, Fax. +351 289 897 108/9
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
© 2011 Consulado de Angola no Algarve
Programação Step Ahead | Design TripleSky