Domingo, 20 de Maio de 2018
Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider
 
Notícia
Angola e Venezuela podem suprimir vistos diplomáticos
Maio 08, 2016
Angola e Venezuela poderão suprimir, ainda este ano, os vistos em passaportes diplomáticos, de acordo com a Secretária de Estado das Relações Exteriores, Ângela Bragança, em declarações à imprensa no final de conversações oficiais com uma delegação deste país chefiada pelo seu vice-ministro das Relações Exteriores para África, Reinaldo Bolívar.

A secretária de Estado das Relações Exteriores, Ângela Bragança, referiu que este acordo, já concluído, poderá ser assinado brevemente pelos dois titulares da área das Relações Exteriores.

Disse ainda que, durante o encontro, foram abordadas as perspectivas da cooperação, com destaque para as estratégias, visando a saída da crise, uma vez que os dois estados possuem potencialidades nos campos do petróleo, mineiro e agrícola.

Citada pela Angop, Ângela Bragança realçou que, no plano da cooperação bilateral, Angola e Venezuela possuem acordos que definem claramente o marco e extensão do trabalho, com base no Acordo Geral no domínio Técnico e Científico. Deu ainda a conhecer que está em estudo também a certificação dos diplomas por ambos os países, uma matéria que está a ser analisada pelos ministérios do Ensino Superior.

“Nós temos estudantes neste país e é importante que os seus certificados possam ser reconhecidos para que eles facilmente acedam ao mercado de trabalho”, referiu. Acrescentou ainda que foram abordados também alguns temas da agenda comum, no que toca a cooperação sul-sul porque “as coincidências que temos no trabalho pela paz e diálogo no Conselho de Segurança das Nações Unidas, no Conselho de Direitos Humanos, bem como o apoio mútuo nas organizações multilaterais”.

Nesta reunião de Luanda, disse, “abordamos também o potencial da cooperação no domínio de minérios, petróleo, educação, comunicação, intercâmbio entre ambos os países e a paz mundial”. Já Reinaldo Bolívar argumentou que o primeiro objectivo desta deslocação é o de consolidar as relações, que “efectivamente se vão aprofundando em diversas áreas e são excelentes”.

No domínio do petróleo, Angola e Venezuela têm relações de longa data, ambos são países membros da OPEP e existem negociações contínuas.

Reinaldo Bolívar, que fica no país até domingo (8), tem ainda previstos encontros com várias entidades nacionais com vista à definição de estratégias para o incremento da cooperação bilateral entre os dois países. Angola e a Venezuela estabeleceram relações diplomáticas a 26 de Dezembro de 1986 e, entre os vários instrumentos jurídicos que possuem, destaque para Acordo Geral de Cooperação Económica, Comercial, Científica, Técnica e Cultural.

Assine a nossa newsletter
Horário: 09h00 - 13h00 > 14h30 - 16h30
Praceta projectada, Rua de Moçambique (paralela à Av. Calouste Gulbenkian), Lote Q
1º Esquerdo, Faro · Algarve · Tel. +351 289 897 100 / 289 895 622, Fax. +351 289 897 108/9
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
© 2011 Consulado de Angola no Algarve
Programação Step Ahead | Design TripleSky