Terça-Feira, 19 de Junho de 2018
Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider
 
Notícia
Emigração de Portugal para Angola: dados de 2015
Janeiro 02, 2017
Apesar da crise gerada pela quebra do preço do petróleo, a emigração para Angola ainda subiu 32% em 2015 segundo dados do Governo português, que apresentou apresentou o Relatório da Emigração relativo a 2015 e considerou a conclusão "surpreendente".

O documento, com os dados estatísticos mais "frescos", dá conta de 6.715 entradas permanentes de portugueses em Angola ao longo de 2015, o que representa um aumento de 32% face ao que foi registado no ano anterior. De acordo com a explicação avançada pelo coordenador do Observatório para a Emigração, Rui Pena Pires, que apresentou o relatório esta quinta-feira, no ministério dos Negócios estrangeiros, estes dados são recolhidos junto das autoridades estatísticas de cada país de destino da emigração portuguesa. E baseiam-se no conceito de entrada permanente, que pode variar de país para país.

Dados podem não traduzir realidade actual

Os autores não apresentaram uma explicação conclusiva para os dados, apesar de admitirem que estes ainda não traduzam os efeitos plenos na recessão que afectou o país depois de preço do petróleo ter afundado, no final de 2015. "É provável que em 2016 já se tenha a crise do petróleo já tenha tido um impacto um bocadinho maior", referiu Rui Pena Pires.

O relatório divulgado esta quinta-feira revela que no ano passado emigraram 110 mil portugueses. Este dado, ainda provisório, aponta para uma estagnação face ao ano anterior, se for considerada a série antiga, ou para uma ligeira redução, caso seja considerada a nova série que o Governo está a elaborar. É, em todo o caso, um número "historicamente elevado", que os especialistas esperavam que fosse mais baixo, mas que o Governo não prevê que recue para níveis pré-crise.

O Reino Unido continua a ser o país para onde emigram mais portugueses (32 mil em 2015). Seguem-se a França (18,4 mil), a Suíça (12,3 mil) e a Alemanha (9,2 mil). Angola é, fora da Europa, o principal país de destino, seguida de Moçambique (4 mil) e do Brasil (1,3 mil).

Assine a nossa newsletter
Horário: 09h00 - 13h00 > 14h30 - 16h30
Praceta projectada, Rua de Moçambique (paralela à Av. Calouste Gulbenkian), Lote Q
1º Esquerdo, Faro · Algarve · Tel. +351 289 897 100 / 289 895 622, Fax. +351 289 897 108/9
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
© 2011 Consulado de Angola no Algarve
Programação Step Ahead | Design TripleSky