Terça-Feira, 21 de Agosto de 2018
Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider
 
Notícia
Depósitos sobem para quase 5.100 MEuro
Dezembro 05, 2017
O volume de depósitos em moeda nacional e estrangeira dos bancos comerciais angolanos sob reserva do banco central voltou a recuperar ligeiramente em Outubro, para 994.231 milhões de kwanzas (5.069 milhões de euros), mas continuando em mínimos desde 2015.

Segundo dados preliminares do Banco Nacional de Angola (BNA) sobre o panorama monetário angolano, compilados pela agência Lusa, entre Setembro e Outubro estas reservas obrigatórias aumentaram quase um por cento - tal como no mês anterior -, o equivalente a 8.403 milhões de kwanzas (42,8 milhões de euros).

Estes depósitos tinham descido no final de 2016 para 989 mil milhões de kwanzas (5.041 milhões de euros), com quedas mensais que se repetiam desde agosto. Subiram, entretanto, em Janeiro e Fevereiro, até ao máximo de 1,115 biliões de kwanzas (5.680 milhões de euros), antes de regressar às quebras, segundo os mesmos dados preliminares do banco central.

Os bancos comerciais que operam em Angola são obrigados a informar regularmente o banco central sobre estas reservas, que envolvem depósitos e operações com títulos.

Em causa nestes dados está a obrigatoriedade de os mais de 20 bancos comerciais que operam em Angola constituírem reservas sobre os depósitos à ordem do BNA, que fixou taxas de 15% do total em moeda estrangeira e 25% em moeda nacional.

Na denominada "reserva bancária" contavam-se no final de Outubro depósitos obrigatórios em moeda estrangeira, que subiram para 123.706 milhões de kwanzas (630 milhões de euros), e em moeda nacional, que neste caso desceram, face a Setembro, para 619.247 milhões de kwanzas (3.342 milhões de euros).

Nos últimos cinco anos - período disponibilizado na análise do BNA -, o valor total mais baixo destas reservas bancárias foi em 2012, com 671.325 milhões de kwanzas (3.157 milhões de euros, à taxa de câmbio actual).

Assine a nossa newsletter
EVENTOS
2018-08-09 14:07:42
Horário: 09h00 - 13h00 > 14h30 - 16h30
Praceta projectada, Rua de Moçambique (paralela à Av. Calouste Gulbenkian), Lote Q
1º Esquerdo, Faro · Algarve · Tel. +351 289 897 100 / 289 895 622, Fax. +351 289 897 108/9
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
© 2011 Consulado de Angola no Algarve
Programação Step Ahead | Design TripleSky