Terça-Feira, 11 de Dezembro de 2018
Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider
 
Notícia
Angola lidera compras dos turistas em Lisboa
Maro 05, 2018
Os angolanos estão a fazer cada vez mais compras em Lisboa e foram responsáveis, em Janeiro, por 32% das transacções na capital em Tax Free (reembolso do IVA aos turistas), o que representou um aumento de 11% relativamente ao mês homólogo.

No entanto, a maior subida no total de compras pertence a visitantes de duas outras nacionalidades - da China e da Rússia, com taxas de 70% e 65%, respectivamente. Os dados divulgados pelo Observatório do Turismo de Lisboa indicam, ainda, que foram também os chineses que, no início deste ano, apresentaram o valor médio de compra mais elevado, 956 euros, seguidos pelos turistas norte-americanos, com 687 euros.

No top cinco dos visitantes de Lisboa que mais gastam em compras seguem-se os russos, com um valor médio de 367 euros, os angolanos, 326 euros, e por fim os brasileiros, que gastam cerca de 256 euros.

Também no que diz respeito à pernoita na região de Lisboa, registou-se "uma evolução positiva de 1,8% face a Janeiro de 2017", segundo o mesmo documento.

O preço médio por quarto vendido "situou-se nos 84,12 euros", traduzindo uma "subida homóloga de 11,8%", pode ler-se no documento.

Na mesma rubrica - de acordo com o Observatório do Turismo de Lisboa -, os hotéis de três estrelas em Lisboa cresceram acima da média, registando uma subida na ordem dos 2% em relação ao mesmo período de 2017.

Segundo os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística, os estabelecimentos hoteleiros portugueses registaram, em 2017, 20,6 milhões de hóspedes e 57,5 milhões de dormidas, o que representa um "acréscimo de 8,9% e de 7,4%, respectivamente, face a 2016". Só em Dezembro do ano passado foram registados 2,7 milhões de dormidas e 1,2 milhões de hóspedes.
Assine a nossa newsletter
Horário: 09h00 - 13h00 > 14h30 - 16h30
Praceta projectada, Rua de Moçambique (paralela à Av. Calouste Gulbenkian), Lote Q
1º Esquerdo, Faro · Algarve · Tel. +351 289 897 100 / 289 895 622, Fax. +351 289 897 108/9
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
© 2011 Consulado de Angola no Algarve
Programação Step Ahead | Design TripleSky