Terça-Feira, 23 de Outubro de 2018
Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider
 
Notícia
Angola desenvolve estudos para implementação do roaming doméstico
Outubro 03, 2018
O Instituto Angolano das Comunicações (INACOM) está a desenvolver estudos para implementar o serviço de roaming doméstico no serviço de telefonia móvel, informou esta terça-feira o órgão regulador do sector, sem, contudo, avançar prazos.

Em declarações aos jornalistas no final de encontro que juntou no INACOM operadores do sector, o presidente do conselho de administração da instituição pública, Leonel Augusto, frisou que a componente técnica está já a ser desenhada. "Estamos a trabalhar. Vamos agora fazer uma parte dos estudos técnicos com as equipas de engenharia dos vários operadores e, só assim, poderemos determinar, exactamente, de quanto tempo vamos precisar para implementar o roaming doméstico", disse, quando questionado pela agência Lusa.

Segundo o presidente do INACOM, a primeira fase do estudo "respondeu positivamente" a um conjunto de questões e agora, acrescentou, haverá um período que vai envolver a consulta pública com os operadores. "O projecto vai envolver a consulta pública com os operadores, a actualização de alguma legislação e também o desenho da implementação técnica", explicou.

Questionado sobre os custos dos serviços de telecomunicações, no quadro da implementação do roaming doméstico em Angola, Leonel Augusto referiu que "tem muito a ver com o investimento que as operadoras fizerem". Por outro lado, realçou, tem também a ver com "a questão de um conjunto de factores, como a energia ou a necessidade de fontes alternativas em muitas localidades onde a rede eléctrica tem sido estendida". "No entanto, todos esses aspectos estão a ser analisados no estudo que o INACOM tem estado a levar a cabo para determinar até que ponto poderemos proceder a reajustes na questão dos preços", argumentou.

A rede nacional de banda larga e o roaming doméstico foram os temas que estiveram hoje em reflexão no encontro entre o INACOM e os operadores de serviços das comunicações electrónicas, presidido pelo ministro das Telecomunicações angolano, José Carvalho da Rocha.
Assine a nossa newsletter
Horário: 09h00 - 13h00 > 14h30 - 16h30
Praceta projectada, Rua de Moçambique (paralela à Av. Calouste Gulbenkian), Lote Q
1º Esquerdo, Faro · Algarve · Tel. +351 289 897 100 / 289 895 622, Fax. +351 289 897 108/9
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
© 2011 Consulado de Angola no Algarve
Programação Step Ahead | Design TripleSky